Skip to Content

Conhece alguém que gostaria de trabalhar aqui?

ago 31, 2017

Os benefícios de reconhecer funcionários por suas indicações 

Um amigo me disse que recomendou recentemente uma antiga colega de trabalho para uma vaga no seu trabalho atual: "eu a conhecia de um trabalho anterior. Ela trabalhou muito bem lá, mas senti que ela precisava de uma mudança em sua carreira. Me senti muito confortável, indicando-a para esta vaga." Ela foi contratada e depois de ter trabalhado para o novo empregador por 90 dias, meu amigo recebeu um prêmio por ter feito a indicação e um cartão de agradecimento”.

Então aqui vai a pergunta: as empresas devem realmente investir no incentivo de indicações? A literatura acadêmica e a experiência da BI WORLDWIDE confirma que as indicações de funcionários para candidatos são uma rica fonte de recrutamento. Temos prova disso de várias formas. Estudos mostram que os candidatos que são indicados pelos atuais empregados (e que chegam a ser eventualmente contratados) ficam mais tempo do que aqueles contratados por outras fontes. [i] A pesquisa também mostra que os novos colaboradores que foram indicados por empregados atuais são mais produtivos. [ii]

Existem várias teorias subjacentes que ressaltam o valor das indicações de funcionários. Uma é chamada de "mecanismo de proteção da reputação," que sugere que os funcionários atuais são relutantes em indicar pessoas sobre as quais eles tenham alguma dúvida [iii], que é o que meu amigo estava articulando. Ele pensou cuidadosamente sobre a indicação, sabendo da ética de trabalho da seu ex-colega. Há também evidências de que os funcionários atuais estejam em melhor posição para avaliar potenciais funcionários, porque eles têm uma compreensão maior das responsabilidades reais de uma função e da cultura da empresa. Esta pesquisa fornece um “business case” para fazer um investimento no desenvolvimento de sua estratégia de proposta de valor do funcionário — recompensando funcionários pelas suas indicações.

O que você acha a respeito dos funcionários que fazem indicações - eles são realmente mais engajados com a empresa para a qual trabalham? Um estudo gerou evidências de que "os colaboradores que fazem uma indicação pela primeira vez se tornam menos propensos a desistir (depois de terem indicados) do que aqueles colaboradores com produtividade e estabilidade semelhante (que não indicaram ninguém)." [iv] Este estudo mostra que o ato de indicar alguém leva a esses funcionários a ter um maior comprometimento do que aqueles que não fizeram nenhuma indicação.

Um de nossos clientes na indústria de serviços financeiros está bem convencido disso. Pelo seu papel de representante financeiro, quase metade de todos os candidatos passaram por indicações de funcionários.

Para ajudar a qualificar as indicações de funcionários, eles oferecem informações aos funcionários sobre qual seria o “candidato ideal" para a função, fornecendo “pistas” sobre quais tipo de candidatos teriam maior probabilidade de sucesso. Os funcionários ganham pontos sobre os candidatos que completam o formulário de candidatura e que passam pelo processo de entrevista. Os pontos são parte de sua plataforma de reconhecimento, onde eles podem ser trocados por mercadorias, eventos ou então viagens. Normalmente, esses funcionários ganham pontos adicionais se a pessoa indicada for contratada e permanecer na empresa pelo mínimo de três meses.

Outros clientes possuem programas similares. As regras podem variar, mas a ideia básica é a mesma:

  • Algumas empresas focam em indicações para determinadas funções, tais como empresas de serviços financeiros, enquanto outras oferecem bônus para todas as posições abertas.
  • Algumas empresas oferecem um valor de recompensa maior para determinadas funções, por outro lado oferecem a mesma quantia para todas as outras funções. Um exemplo disso são as empresas da área da saúde que pagam um bônus muito maior para indicações referentes as funções de período integral do que para aquelas funções de meio período.
  • A maioria dos empregadores não colocam um limite no número dos bônus de indicações que um funcionário pode fazer.

Depois de ter seu programa funcionando, como você poderia acelerar as indicações de funcionários?

Certamente, você pode tornar a sua empresa um lugar ainda melhor para trabalhar.

De acordo com nossa pesquisa anual sobre engajamento dos funcionários nos Estados Unidos, cerca de 70% dos empregados relatam que estão dispostos a indicar a empresa em que trabalham como um ótimo lugar para trabalhar. Isto é obviamente uma média e sabemos que isso varia por organização.

Por exemplo, um fabricante que estudamos tinha uma pontuação de pessoas dispostas para indicar de apenas 60%, um total de dez pontos abaixo do valor de referência, enquanto uma organização de cuidados de saúde que foi pesquisada tinha 81% dos seus empregados dizendo que estariam dispostos a falar de sua empresar como um ótimo lugar para trabalhar. Esta organização tem uma vantagem significativa em alavancar sua base de funcionários para atrair candidatos qualificados.

Quer facilitar seus esforços de recrutamento? Um programa eficaz de indicações para funcionários eficaz é uma maneira eficaz de atrair mais candidatos à sua organização.

Para saber mais como a BI WORLDWIDE™ pode lhe ajudar a aumentar a motivação e engajamento de seus colaboradores, entre em contato conosco pelo telefone
+55 11 3181 7680 ou pelo e-mail latam@biworldwide.com

Conheça nossos Programas de Reconhecimento e Recompensas para o Colaborador em www.biworldwide.com.br 

[i] Do Informal Referrals Lead to Better Matches? Evidence from a Firm’s Employee Referral System, Federal Reserve Bank of New York Staff Reports, Meta Brown, Elizabeth Setren, Giorgio Topa, August 2012.

[ii] “Employee recruitment: Current knowledge and important areas for future research”, by James A. Breaugh, Human Resource Management Review 18 (2008), page 111.

[iii] “Employee recruitment: Current knowledge and important areas for future research”, by James A. Breaugh, Human Resource Management Review 18 (2008), page 109.

[iv] Burks, Stephen V. and Cowgill, Bo and Hoffman, Mitchell and Housman, Michael Gene, The Facts About Referrals: Toward an Understanding of Employee Referral Networks (December 11, 2013).  Available at SSRN: https://ssrn.com/abstract=2253738 or http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.2253738, page 19.

 

Fale Conosco!

Escreva sua mensagem